Dermatologia pele

Dermatologia pele

PROTETOR SOLAR: USO DIÁRIO
Não dá para passar sem ele, mas, antes de comprar, confira seu tipo de pele. Se for mista ou oleosa, escolha protetores com textura de gel ou loção sem óleo. Para as normais e secas, prefira em creme. O produto deve ser aplicado meia hora antes de você tomar sol, tempo necessário para ativar os componentes da fórmula. Espalhar por todo o corpo, no rosto e, mais cuidadosamente, nas orelhas, nariz, pescoço, nuca e peito do pé, mais sensíveis a queimaduras. Para saber qual o fator dc proteção solar (FPS) ideal, confira seu tipo:
Pele clara e sardenta, olhos azuis ou verdes: entre 20 e 30.
Pele clara, olhos azuis, verdes ou castanhos-claros, cabelos louros ou ruivos: entre 15 e 20.
Pele clara ou morena-clara, cabelos e olhos castanhos-claros: entre 8 e 15.
Pele morena-clara, cabelos castanhos-escuros e olhos escuros: entre 4 e 8.
Pele morena: entre 2 e 4.
Pele negra: 2.
Os lábios também queimam, ressecam, podem ganhar fissuras e até herpes. Por isso, precisam de proteção máxima, com formulações à base de vitaminas e emolientes como manteiga de cupua-çu ou de karité e ceras.

Compartilhe no:
  • Orkut

Ressecamento da pele

Ressecamento da pele

Bronzeado é sedutor. O sol deixa as pessoas mais bonitas, felizes, iluminadas. Só não vale abusar. A exposição, sem proteção, aos raios solares causa manchas, sardas, queimaduras, além de alterar as fibras de colágeno e elastina responsáveis pela firmeza e elasticidade dos tecidos. O resultado? Rugas precoces em torno dos olhos e da boca e ressecamento da pele. Com o passar dos anos, o efeito cumulativo de tantos excessos pode levar ao câncer, principalmente nas pessoas muito claras, que produzem menos melanina, e, portanto, ficam mais vulneráveis.

Compartilhe no:
  • Orkut