Tratamentos de podologia

Tratamentos de podologia

Lixar.
Os aparelhos motorizados são importantes aliados nos tratamentos de podologia. Eles fazem lixamento da planta dos pés e das unhas, removem calos, promovem desbastamento de unhas e também fazem massagem. O aparelho Micromotor MF 200 Plus, Center Freitas, faz tudo isso, com a vantagem de ser portátil – pesa 1,4 kg -, podendo ser usado em atendimento domiciliar.

Compartilhe no:
  • Orkut

Produtos podologia

Produtos podologia

Hidratar.
Na hora de devolver maciez a calcanhares ressecados e atacados por fissuras, é importante terá mão produtos com eficácia comprovada: o hidratante Afine Pé, Essencial, leva óleo vegetal de copaíba e melaleuca, poderosos hidratan-tes e antissépticos, capazes de remover células mortas e reter a água nas regiões áridas. Já o Homeopast, Homeomag, é ótimo contra fissuras graças à fórmula à base de plantas medicinais.

Compartilhe no:
  • Orkut

Produtos para podologia

Produtos para podologia

Tratar.
Protocolos para diminuir as calosidades dos pés podem contar com ajuda de dois novos produtos: o Gel Emoliente, da marca Shinsei, com aloe vera, camo-mila e erva-doce, promove o amolecimento das regiões endurecidas e ásperas. Já a Bota Atoalhada da Homeomag, criada especialmente para SPA dos Pés, faz a oclusâo da região tratada após a aplicação do hidratante.

Compartilhe no:
  • Orkut

Equipamentos para podologia

Equipamentos para podologia

Cosméticos e equipamentos usados em protocolos de podologia para tratar e embelezar os pés. Cada vez mais produtos criados para atuar em um verdadeiro spa do pé são incluídos na técnica.
Afinar.
Os pés, uma das regiões mais agredidas do corpo, têm tendência a apresentar espessamento da pele. Para esses casos, produtos exfoliantes atuam em sinergia com os equipamentos de lixar. Sugestões: Peeling de Laranja, Payot Profissional, e Gommage Exfoliante de Argila, Vita Derm.

Compartilhe no:
  • Orkut

Manicure e pedicure

Manicure e pedicure

Espaço do pé.
Quem quiser montar uma área dedicada à podologia deverá seguir várias normas relativas à higiene, segurança e formação profissional. “Os podólogos têm de ser formados por instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação. Já o estabelecimento precisa montar uma sala separada, seguindo as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com local apropriado para lavagem e esterilização”, explica Eni. Na desinfécção dos instrumentos é usada uma lavadora específica para detergente enzimático, pois eles não podem ir com resíduos para a etapa seguinte, que é a esterilização. Nesse momento, o indicado é asar autoclaves, mais eficientes e rápidas que as estufas. O instrumental precisa ser mantido nos próprios envelopes utilizados nos equipamentos, a fim de evitar contaminação. Os itens de proteção individual também são indispensáveis: óculos, luvas, touca, máscara e avental devem ser usados durante todo o procedimento. Outros equipamentos básicos, como cadeira de podologia, motores, instrumentos e bandejas, também têm de ser adquiridos, além de todo o material descartável, e, ainda, as caixas especiais para descarte.

Compartilhe no:
  • Orkut

O que é podologia

O que é podologia

Precaução e bem-estar.
Embora os podólogos sejam experts em tratar de olho de peixe a urdia toita, atualmente seu papel mais importante é atuar como agentes de prevenção. “Queremos mudar o conceito de que só somos necessários quando os pés estão doloridos ou doentes”, diz Eni. No salão Glam, a hidratação de pés ressecados é feila com cosméticos eficazes contra fissuras e inclui corte de unhas como preventivo de encrava-mento, além de reflexologia, que relaxa o corpo todo. ‘Também faço uma análise dos calçados mais adequados para os pés da cliente, impedindo assim a formação de calos”, conta Solange. Esses rituais podem fazer o cliente se tornar assíduo freqüentador do salão. “Sempre explico para eles que quem trata os pés em casa ou com amadores corre o risco de desenvolver problemas futuros, difíceis de resolver e com conseqüências estéticas nada desejáveis”, diz Amanda, da Payot. Ela recomenda tratamento mensal com lixamcnto na planta e no dorso feito com aparelhos totalmente esterilizados, corte correto das unhas e embelezamento da pele, incluindo exfolia-ção, nutrição e escalda-pés com óleos essenciais. A sessão dura uma hora e meia.

Compartilhe no:
  • Orkut

Curso tecnico em podologia

Curso tecnico em podologia

Questão de saúde.
O podólogo é responsável pela integridade dos pés. E potencial para atrair clientela diversificada não falta. Unhas encravadas, excessivamente curvadas, pele ressecada, calcanhar gross( i e com fissuras, verrugas, joanetes, calos dolorosos ou sim|5lesmente feios são exemplos dos problemas que só esse especialista pode tratar. Ele também lida com os distúrbios específicos dos idosos, como as frieiras, causadas pela dificuldade de enxugar enta* os dedos, e as calosidades que tendem a se acentuar com a diminuição do tecido gorduroso. Muito importante tamlxhn é a missão desse profissional em tratar dos pés de quem sofre com hanseníase, psoríase, distúrbios vasculares e dialietes. Já no que se refere a micoses, o tratamento e a prescrição de medicamentos precisam ser feitos por um dermatologista. A intervenção do pcxlólogo deve se limitar a cortar e lixar as unhas adequadamente para a aplicação dos remédios e, em alguns casos, indicar a colocação de próteses. “Se o cliente perdeu a unha por impacto ou por micose, é p< issível moldar e aplicar uma do tipo a< rílica, desde que haja sobra da original”, explica Amanda Gomes, da Payol. Para unhas com curvatura exagerada, que tendem a encravar, uma solução é colocar órteses de correção. ‘Existem desde as discretas, feitas de fibra com memória molecular, até as metálicas, com molas e bráquetes parecidos com os de tratamento oiTodôniico. Elas tracionam a unha para levá-la na direção da curvatura correta”, explica a podóloga Márcia Nogueira. As órteses metálicas são muito procuradas pelos mais jovens, por se parecerem com piercings.

Compartilhe no:
  • Orkut

Tudo sobre podologia

Tudo sobre podologia

Pés a salvo.
Ter um espaço dedicado à podologia melhora a imagem do salão. E que essa especialidade evoluiu e, além de tratar dos pés, oferece bem-estar e prevenção em protocolos relaxantes.
A proveitar o verão para ampliar o leque  de servicos pode ser süiôninio de maior lucratividade. Uma tendência é oferecer atendimento em podologia. “Com os pés totalmente à mostra, a procura por tratamentos para cuidar e embelezar essa região do corpo aumenta bastante”, explica Eni Lima. podóloga e coordenador.! do último Simpósio latino Americano de Podologiagia, realizado em setembro do ano passado na lieauty Fair. O salão dam, em Curitiba, por exemplo, aderiu a essa especialidade há dois anos. “Montamos um espaço clean e agradável, onde a cliente relaxa enquanto seus pés são tratados. Para ganhar tempo, ela lambem p<xle fazer a mão durante a sessão”, conta Solange Nicolen, do Glam. E bom saber as diferenças entre os trabalhos da podóloga e da pedicure são liem definidas. Amanda Gomes, da Maison Payot, em São Paulo, revela as hinções de cada profissisonal: “Os pedicuros cuidam da remoção das cutículas e da pintura das unhas. Qualquer outro problema nos pés – de unha encravada a calcanhar rachado – é tratado com o podólogo”.

Compartilhe no:
  • Orkut