Vagas para esteticista

Vagas para esteticista

Em termos de atuação, o que diferencia as esteticistas que têm apenas nível técnico das que fizeram curso superior?

No ensino superior em estética, as disciplinas de fundamentação básica são as mesmas adotadas em quaisquer outros cursos de saúde, como medicina. É este conhecimento científico que permitirá ao profissional exercer sua função com excelência, além de permitir maior atuação multidisciplinar em outras áreas, como dermatologia e cirurgia plástica.

Compartilhe no:
  • Orkut

Curso tecnico de estetica

Curso tecnico de estetica

Quais são as vantagens de investir no curso superior? O mercado valoriza mais?

Sempre respondi a essa pergunta da seguinte forma: a diferença encontra-se na formação em si. O aluno recebe um conjunto de conhecimentos de nível superior, com disciplinas curriculares que interagem com todas as demais do segmento da saúde e ainda pode vir a especializar-se com um curso de pós-graduação na mesma área e, assim, consolidar sua carreira. Ou seja, ele será um profissional mais completo, que o mercado, com certeza, valoriza.

Compartilhe no:
  • Orkut

Curso de estetica a distancia

Curso de estetica a distancia

Quais desafios os alunos enfrentam no curso e, depois, na profissão?

Durante as aulas, eles colocam imediatamente a teoria em prática nos centros de simulação. Já no mercado de trabalho, acredito que o maior obstáculo a ser ultrapassado é manter-se constantemente atualizado. É preciso participar de importantes eventos nacionais e, se possível, internacionais do setor; além, é claro, de fazer cursos de especialização. Também considero primordial o aprimoramento da postura ética em relação ao outro, visando a excelência da conduta durante o tratamento.

Compartilhe no:
  • Orkut

Curso superior de estética

Curso superior de estética

Explique, resumidamente, como é o curso superior de estética.

É importante saber que, além da estética, única com bacharelado do país, oferecemos graduação de nível tecnológico em podolo-gia, visagismo e terapia capilar e maquiagem profissional. Nosso diferencial é oferecer interação e troca de informações entre os alunos da escola e outros cursos de graduação da universidade, como, por exemplo, medicina e fisioterapia. Criamos um centro de simulação com réplicas de espaços de estética onde eles podem vivenciar situações reais do dia a dia da profissão.

Compartilhe no:
  • Orkut

Curso esteticista

Curso esteticista

Há quanto tempo existe o curso superior de estética e qual foi sua importância para a profissão e para o país?

A Universidade Anhembi Morumbi lançou em 2001 o primeiro curso superior de estética do Brasil. Iniciamos com oito alunos e atualmente temos 500 em curso. Nossa proposta curricular foi baseada nas melhores práticas do ensino mundial e ao longo dos últimos nove anos agregamos novos valores, qualidade e alta tecnologia. Em 2008 conquistamos o nível de bacharelado em estética. Sem dúvida nossa iniciativa teve grande impacto na vida dos profissionais da área, que passaram a ter acesso ao ensino superior e, portanto, à ciência. Sem contar que acabamos impulsionando outras instituições a seguirem o mesmo exemplo nos quatro cantos do país.

Compartilhe no:
  • Orkut

Casa da esteticista

Casa da esteticista

Como era o mercado para os esteticistas quando você começou?
Já era promissor, mas faltava o aprofundamento científico necessário para a consolidação do ofício. Hoje é uma carreira respeitada, em franca ascensão. A profissão existe no país há mais de 60 anos, sempre teve um mercado favorável, mas nos últimos 14 anos superou todas as expectativas. O faturamento dos negócios envolvidos com beleza gira atualmente em cerca de US$ 200 bilhões ao redor do mundo.

Compartilhe no:
  • Orkut

Esteticista profissão

Esteticista profissão

Saber transformador.
Andréa Biolcati, da Anhembi Morumbi, instituição que abriu o primeiro curso superior de estética no país, defende a importância do conhecimento científico na formação das . profissionais da área.
Conte um pouco sobre sua carreira e seu envolvimento com o mundo da estética.
Minha mãe sempre trabalhou com beleza e eu cresci absorvendo esse universo. Não demorou muito para me ver seguindo o mesmo caminho. Na faculdade de fisioterapia, me voltei para o setor de estética. Segui minha jornada e entrei na Anhembi Morumbi há 12 anos, onde estive à frente do primeiro curso superior em estética – e hoje sou diretora da Escola de Terapia de Beleza. Nesse período houve muitas conquistas e desbravamentos, como o trabalho feito com a seção italiana do Comitê Internacional de Estética e Cosmetologia, órgão de referência mundial no setor. Após vários intercâmbios realizados entre a Anhembi e eles, tornei-me docente internacional da entidade. Sinto-me honrada por desenvolver projetos científicos que possam contribuir para o crescimento da classe profissional e aumentar a qualidade de vida e bem-estar da população.

Compartilhe no:
  • Orkut

« Posts Mais Novos