De frente com Gabi

A jornalista Marília Gabriela troca de papel e vira aqui entrevistada, respondendo a perguntas sobre seu cabeleireiro.
1. Onde e como você conheceu o Murilo de Souza?
No final dos anos 80, ele trabalhava no De La Lastra, que ficava ao lado da minha casa, e já era o enfant terrible do salão.
2. Há quanto tempo ele é seu cabeleireiro?
Desde o final de 1990. Eu usava cabelo comprido com permanente. Fios mortinhos de muitas estripulias, do tipo pintar de vermelhão em um dia e, um mês depois, descolorir tudo para voltar para o loiríssimo. Murilo fez um novo corte e acertou a cor.
3. Qual o motivo da escolha e a causa de tanta fidelidade?
Murilo é o rei do corte curto. Você percebe isso no vigor e crescimento de seu cabelo, depois que ele põe a mão. Ele ouve bastante. Não é o cara que faz só o que quer e acabou. Criativo, está sempre se atualizando. É um bocadinho louco também, o que me parece uma imensa qualidade em sua profissão.
4. Defina o Murilo em uma palavra.
Em duas: amigo e talentoso.

Compartilhe no:
  • Orkut

No tom da estação

Segundo Roger Lluzar, diretor executivo da Wella, nesta estação, a marca trabalha com três tendências, facilmente adaptáveis a qualquer cor de pele. Inspirada nos Jogos Olímpicos, Energising antiquity propõe fios meio desbotados, mechas transparentes, raiz escura e pontas claras. O marrom e o vermelho desta coleção caem bem para as negras. Já as mulheres de pele clara podem usar tons de bronze e louro. Com contrastes suaves, a linha Eccentric Romantic traz nuances acobreadas, perfeitas para as morenas. Mulheres mais ousadas podem adotar o visual arrojado da coleção Graphic elegance, que aposta em uma policromia dissonante. Mechas claras sobre base negra realçam a pele branca, enquanto as morenas podem investir na combinação contrastante de vermelho e dourado.

Compartilhe no:
  • Orkut

Coloração com Werner Coiffeur

Com a temperatura em queda, entram nas paletas de coloração tons de bege, vermelho, chocolate, café-com-leite, canela e pigmentos acobreados. Com tanta novidade, surge uma dúvida muito comum entre os cabeleireiros: quem pode usar as tendências? Afinal, não basta conhecer as nuances da moda. Também é importante adaptar e combinar as cores com o estilo e tipo físico de cada cliente.
Pessoas de pele claríssima ficam bem com quase todos os tons, exceto o louro platinado, que apaga a fisionomia. Nesse caso, João Bocaletto, do Jacques Janine Augusta, em São Paulo, aconselha castanhos e pretos contrastantes. Para as morenas, Rosicler Intrieri, da Surya Henna, indica colorações em castanho e vermelho. Negras podem usar nuances acobreadas. As orientais combinam com ruivos, marrons e avermelhados, segundo Cristiane Ely, do Werner Coiffeur, no Rio. A colorista lembra que quem tem pele esverdeada deve optar por um tom natural de marrom. O coiffeur paulista Magno Alves, especialista em visa-gismo, lembra que, antes de começar da coloração, o profissional deve avaliar a personalidade da pessoa. “Mesmo que esteja na moda, não se deve fazer uma mecha larga e contrastante em uma mulher discreta.”

Compartilhe no:
  • Orkut

Cortejar o cliente

Não se trata de bajulação, mas de corresponder às expectativas. Como lidar com beleza envolve o ego e a auto-estima das pessoas, é preciso agir com muito cuidado Deve-se ouvir atentamente o que a cliente tem a dizer e explicar com delicadeza quando um corte ou coloração não cai bem, mas sempre respeitando seus desejos. Qualquer ponto negativo pode comprometer o trabalho do cabeleireiro. A fidelidade de um cliente depende da primeira impressão.

Compartilhe no:
  • Orkut

Paulo Persil coiffeur das noivas

Paulo Persil nasceu no Rio, mas ainda criança, se mudou para Recife com a família. Aos 18 anos, decidiu viver em São Paulo. Logo que chegou à cidade, trabalhou em uma lanchonete. Mas um amigo cabeleireiro acabou levando Paulo para a área da coiffure. Ele se apaixonou pela profissão e decidiu se aprimorar. Viajou para Barcelona, na Espanha, onde ficou um ano estudando na Escola Llongueras. Na volta, conquistou uma clientela de famosos, como Sula Miranda, Simony e Alessandra Scartena. Antes de abrir o JJ Persil, fez parte da equipe de salões conceituados, como o Beka International, Qanton, Uequipe e M.G. Hair Design. Ele procura se reciclar em cursos na Europa. Em SOC1, foi o único brasileiro a se apresentar no Mundial de Paris. Expert em penteados, principalmente para noivas, o cabeleireiro tem entre suas especialidades o alongamento com o método Great Lenghts.

Compartilhe no:
  • Orkut

Cabelo com coroa para noiva

A noiva ganha ares pueris neste look, em que os fios foram trancados e presos no alto da cabeça, formando uma espécie de coroa – destacada pela grinalda com motivos florais, que é perfeita para cerimônias realizadas à luz do dia. Para garantir que a trança ficasse no lugar, as madeixas receberam um pouco de musso mode-ladora, durante a escova, e spray de fixação forte, depois de finalizada.

Compartilhe no:
  • Orkut

Grinalda de strass

Aliado à grinalda de strass, o rabo-de-cavalo pode ser o penteado ideal para casamentos realizados à tarde ou à noite, desde que a noiva invista em um modelito moderno, para ticar condizente com o estilo do penteado. Para conseguir esto efeito, os fios, depois de passarem por uma escova lisa, ganharam uma textura uniforme com o auxilio da piastra e foram presos atras, de forma que uma mecha se mantivesse solta para envolver o arremate.

Compartilhe no:
  • Orkut

Penteado clássico do noiva

Para dar origem a este penteado clássico, uma escova lisa conferiu volume às madeixas localizadas no topo, da cabeça. Depois, o baby liss modelou o comprimento e deu forma aos cachos. Para completar, o look se-mipreso ganhou um toque de requinte com a grinalda de strass posicionada atrás.

Compartilhe no:
  • Orkut

Em sentido horário

Nesta proposta, tradicional, os fios ganharam um aspecto parecido com o de um trançado e foram envolvidos pelo arranjo de pérolas.
Aposta certeira de noivas estilosas, a sugestão na qual os fios foram trabalhados com baby liss para permanecerem soltos tem seu ponto alto no arranjo de cristais. Decorado com uma flor de tecido na lateral, ficou lindo disposto sobre a testa.
Tendência da moda. o rabo-de-cavalo, arrematado pelo enfeite de renda, dá o tom original a esta produção, perfeita para as mais moderninhas.

Compartilhe no:
  • Orkut

César Renckel cabeleireiro do HBD Spa

Para César Renckel, cabeleireiro do HBD Spa, no Rio, é imprescindível que todo profissional participe de feiras e congressos da área. Não apenas para se inteirar das novidades de produtos anunciadas em revistas especializadas, como para se informar e aprender cada vez mais. De tesouras a laser ao mais novo modelo de grampo de cabelo, há de tudo para quem quer se reciclar e até, quem sabe, reequipar o salão. “Para quem deseja se aperfeiçoar, as apresentações dos cabeleireiros convidados servem de inspiração para se criar um novo estilo, novas técnicas, adquirir conhecimento, trocar experiências e desenvolver idéias.” Renckel, que Já viajou o país inteiro para se apresentar em feiras e congressos, considera esses eventos uma verdadeira vitrine. “Neles, pode-se ter uma média de público de dois mil profissionais. Com isso, quem dá as aulas ganha mais visibilidade. A partir daí, sempre aparecem novos convites para apresentações em outras cidades”, explica.

Compartilhe no:
  • Orkut

Posts Mais Antigos »