8 horas de hidratação

8 horas de hidratação

Repletos de nutrientes em suas fórmulas, os cremes de uso noturno não precisam “brigar” com os agentes externos para melhorar o aspecto do cabelo – e, portanto, acabam sendo mais eficazes. A fibra capilar recupera suas defesas naturais, reconstruindo suas estruturas internas.
“Vale a pena, pois devolve o brilho e a maciez, além de controlar o frizz. A grande vantagem é a economia de tempo, pois enquanto está dormindo, seus cabelos estão sendo tratados”, completa Gabriela. Mas é preciso ter atenção em um único detalhe: não aplicar o creme na raiz, apenas no comprimento e nas pontas dos fios, alerta a hair stylist Sônia Nesi, do Studio de Beleza que leva o seu nome (RJ). O dermatologista Arthur Tykocinski é contra o uso do creme noturno, mas, apesar disso, recomenda, quem for usar, a não aplicar em excesso. “Ele fica úmido por muito tempo e, por isso, aumenta a incidência de dermatite seborreica (a caspa)”, completa o especialista em transplante folicular. A quantidade a ser aplicada também é fundamental para o sucesso do tratamento noturno. Se os fios estiverem na altura dos ombros, coloque na palma da mão o equivalente ao tamanho de uma amêndoa. Para os mais compridos, dobre a dose. Espalhe nas mãos e aplique com a ponta dos dedos nos cabelos, distribuindo de maneira uniforme. “De uma maneira geral, podem ser usados dia sim, dia não. Mas depende do produto, portanto, leia as instruções do fabricante e siga-as corretamente”, observa Gabriela.

Compartilhe no:
  • Orkut

Comentarios

Deixe um comentário