O homem livre, leve e solto

Cores claras, cortes a fio, sem bainha, camisetas estreitas, risca-de-giz nos ternos fazem a moda masculina. Maxime Perelmuter, o filho de George Henri, interpretou, e bem, o estilo casual do carioca, em t-shirts com estampas de pontos turísticos do Rio, frases bem-humoradas e influência do estilo new wave dos anos 80. Um charme, as camisas de algodão, em estampas em tons fortes, com coletes de náilon, double-face, e calções largos da British Colony. Na EIlus, muito algodão, tecidos clareados, bolsos laterais, em um estilo colorido e confortável. Mistura de tons fortes, como o verde e vermelho, jaquetas de malha com bermudas quadriculadas para o dia. Ricardo Almeida, o estilista do presidente Lula, mostrou temos de calças curtas e outros em cinza com risca-de-giz rosa. Rodrigo Fraga ousou misturar estampas com listras, no conjunto de calças de pernas largas e casacos abertos, usado pelo apresentador Cazé, em uma coleção inspirada pela reforma no atelier. Os manequins tinham pingos de tinta no rosto, como se fossem pintores de paredes.

Compartilhe no:
  • Orkut

Comentarios

Deixe um comentário